domingo, 8 de abril de 2012

pequena cabra

os cartazes espalhados e uma fuga das pragas. cinema de domingo. as soluções aquecidas por mapas desenhados na mesa suja do bar misturavam gás, borracha e vidro. quarenta dias, de provas e acidentes nas estradas, espiados pelos dinossauros do calendário dele. fora do preço do canto, o grito roubava o peso, o passo, o aperto. 

Um comentário:

  1. ah aquela fuga de domingo:
    o choro para eclatar
    o brinco em foco de chuva
    e escorre lacrimo gênio

    do cordeiro que estrangula dinossauros!

    ResponderExcluir