quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

unção da saudade.


No prato transbordado da brancura um naco da carne fraca ostenta a falta. smashing pumpinks a pino adoece a razão medida pelos novos azulejos da moradia calada. nuvens picotadas, estradas desaparecidas, unção da saudade alardeada pelo apagamento das festas. 
Proscênio desmoronado. grito surrado.

Um comentário: