sexta-feira, 18 de novembro de 2011

jornal

da rua sequestrada pelo atropelamento sobrava dúzias de passos inchados de medo, zelo e pressa. as ausências deixadas por uma pancada que de passagem levou pedaços de carne, de roda, de livros que ameaçavam teleologia e imanência grudavam na lente da fotógrafa que tremia, capturava o barulho do asfalto, esquecia da quadratura do desastre. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário