quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Oficina “Aproximações à nova dramaturgia espanhola”, com Eduardo Pérez Rasilla.

Vi aqui


A oficina Aproximações à nova dramaturgia espanhola, com o professor e crítico teatral Eduardo Pérez Rasilla acontece de 24 a 27 de agosto em uma parceria entre o Instituto Cervantes e oFestival Cena Contemporânea. A oficina acontece paralelamente ao espetáculo de dança Ni ogros ni princesas, da espanhola Cia Provisional Danza, presente na cidade nas mesmas datas, com apresentações na Caixa Cultural.
O objetivo do curso de dramaturgia é buscar uma maior aproximação com o teatro espanhol contemporâneo, a partir da obra dos criadores cênicos mais significativos do país. A ideia é analisar as obras destes importantes criadores espanhóis, com abordagens diversificadas, que vão desde a textualidade mais clássica até a parte corporal, incluindo a combinação de ambos os elementos; além dos temas humor, criação individual e coletiva e presença do ritual. O curso acontecerá no Museu Nacional da República e será direcionado para quem já possui alguma experiência em teatro.
O espanhol Eduardo Pérez Rasilla é crítico de teatro há mais de vinte anos e professor de literatura na Universidad Carlos III em Madrid. Ele irá trabalhar com nomes como Alfonso Sastre, José Sanchis Sinisterra, Juan Mayorga, Sara Molina e Carmen Werner, que faz parte da companhia espanhola Provisional Danza e estará presente no curso. Ao analisar vídeos e fazer leituras destes criadores cênicos, os alunos farão exercícios práticos para compor a própria criação.
O espetáculo “Ni ogros ni princesas”, da Cia Provisional Danza, dirigido por Carmen Werner, é um jogo de valores onde a coreografia tem um papel de oposição: um grupo enfrenta um homem, enquanto a humanidade é colocada contra os seres humanos. A Cia Provisional Danza já realizou desde peças de dança de pequeno e grande formato, óperas-dança, espetáculos outdoor em colaboração com outras companhias, até atuar no campo formativo com aulas e workshops.
A frase que rege o espetáculo é de Van den Borken: “Dizem que os sonhos são uma congestão da imaginação sobrecarregada por palavras não ditas, os atos não realizados, os afetos de ódio ou de amor que não expressamos e nunca expressaremos e também pelos beijos não dados.”
Serviço: Oficina Aproximações à nova dramaturgia espanhola
Com Eduardo Pérez Rasilla (Espanha)
De 24 a 27 de agosto de 2011
Festival Cena Contemporânea
Local: Museu Nacional da República (Auditório 2)
Horário: 14h às 18h
Classificação: 16 anos
Entrada franca
Vagas limitadas – 40 pessoas
Mais informações: 3349-3937 (Cena Contemporânea)
Serviço 2: Espetáculo Ni ogros ni princesas
Cia Provisional Danza (Espanha)
De 24 a 26/08
Festival Cena Contemporânea
Local: Caixa Cultural
Horário: 20 h
Ingresso: R$16,00 (inteira), R$8,00 (meia)
Classificação Indicativa: 14 anos

Nenhum comentário:

Postar um comentário