sábado, 12 de fevereiro de 2011

Dica de blog: coletivopan

Hey, Meninxs, a tríade dos meninos que um dia conheci nos arrabaldes de uma relva de concreto existem em performances, desalinho, dissonâncias, cores, transubstanciações no barco das heterotopias virtuais. Sem ventos para embalar minhas saudades do amigo do relógio sem ponteiros oferto todos os clarões das altas madrugadas para os queridos de lá. Primavera dos povos que nada, vivemos na seca das revoluções!

bjos da L.

coletivopan:rumo à algarimia especular

Nenhum comentário:

Postar um comentário