quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Da série: As mais belas histórias. Do fundo do coração partido.

escapei do toque negado, do abraço guardado, do olho intumescido de outro amor, do funeral escondido, do choro partido, dos ventos de lá, da  bicleta roubada, do boletim de ocorrência, do jardim refeito, dos livros empacotados, das outras histórias, das agulhas, das cores do braço, das comilanças, das luzes sem lâmpadas, do travesseiro, dos discos sem capa, do suco de milho, dos carinhos confeitados. Escapei sem freios, lançada ladeira abaixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário