terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Sobre a morte e os grandes aquários de opressão:



Entre as imagens decalcadas pela série televisa Flipper, de amigáveis golfinhos amestrados e o massacre desses animais no povoado de Taiji do Japão, está o trabalho do cineasta Louie Psihoyos, do militante  Richard O'Barry, ator da série responsável pelo boom dos parques aquáticos. No reverso da alegria forjada pelos espetáculos de golfinhos nos parques The Cove alinha didatismo, enfretamentos políticos com o escancaramento do lobby japonês para legitimar caça, pesca e consumo destes animais no país.
No repertório das denúncias do documentário estão as execuções medievas, o consumo de carne de golfinhos, altamente contaminada pelo mercúrio e a triste exploração dos animais nos parques temáticos. Confrontando o discurso dos pescadores que alegam que a caça se inscreve em uma tradição da região, a narrativa descontrói mitos e a propalada felicidade dos grandes aquários de opressão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário