terça-feira, 13 de julho de 2010

Microconto: Medos azuis, rock na praça:

Estive com as fotografias daquele interior de fogos, sorvetes, madrugadas em torno do roubo do beijo. Ali eu tinha vinte anos e uma coleção pequena de medos azuis. Com a visão cortada procuro retalhos da narrativa no lusco-fusco das reparações da tesoura, não tenho o verão deles, nem os discos que tocam o rock.

Nenhum comentário:

Postar um comentário